Depois de entender alguns conceitos básicos sobre Facebook Ads no nosso artigo anterior, chegou a hora de aprender a colocar a mão na massa e fazer sua campanha no Facebook Ads.

 

Estrutura de uma campanha

Antes de começar a criar anúncios, é importante entender a estrutura básica de uma campanha no Facebook Ads. Em uma campanha há conjuntos de anúncios, e dentro dos conjuntos de anúncios há anúncios. Assim:

 

Estrutura de uma campanha no Facebook Ads

 

A campanha é o principal, onde serão definidos os objetivos e a forma de engajamento do usuário.

Nos conjuntos de anúncios é possível determinar a frequência de impressão, forma de pagamento, orçamento e posicionamento do anúncio.

 

Criando a campanha

O primeiro passo para criar uma campanha no Facebook Ads é entrar em uma das ferramentas de criação e edição de anúncios – o Power Editor ou o Gerenciador de Anúncios. Para acessá-lo, pesquise pelo nome da ferramenta dentro do próprio Facebook e ele será exibido nos resultados de busca.

Estas duas ferramentas são parecidas, porém há algumas diferenças. O Power Editor é mais usado por profissionais e possui mais recursos, sendo mais complexo que o Gerenciador de Anúncios.

Portanto, se você for novo nos anúncios do Facebook Ads, use o Gerenciador de Anúncios. Se você possui muita experiência ou é um especialista, use o Power Editor.

Veja os passos para criar uma campanha:

 

1. Começando a campanha no Facebook Ads

Escolha seu objetivo na lista. Depois, dê um nome à campanha.

 

2. Crie um conjunto de anúncios

Dê um nome para o seu conjunto de anúncios ou use o nome padrão exibido. Em seguida, dependendo do objetivo da campanha selecionado, você deverá escolher uma página para aplicar este anúncio.

Chegou o momento de definir para quem são estes anúncios. Preencha os detalhes do seu público de acordo com as características dele. Idade, gênero, idiomas, interesse e outras coisas podem ser colocadas para detalhar quem é o seu público. Quanto mais detalhes, mais segmentado e menor será o seu público. Isso pode ser bom ou ruim dependendo do seu objetivo.

Onde você quer que seus anúncios sejam exibidos? Eles podem ser mostrados no Facebook, Instagram ou Audience Network. O posicionamento de anúncios pode ser feito manualmente ou automaticamente. Quando automático, os anúncios serão exibidos em um local que tem a probabilidade de ter o melhor desempenho.

Agora, defina o orçamento e a programação para o seu anúncio. Lembre-se que você não está comprando anúncios ou recursos para exibi-los, você está informando o valor que está disposto a gastar para que seus anúncios sejam exibidos.

 

3. Crie seus anúncios

Para começar um anúncio, selecione um formato: carrossel, imagem única, vídeo único, apresentação multimídia ou canvas. Em seguida, seleciona a mídia que será usada.

Adicione texto aos anúncios. Você também pode adicionar um botão de chamada para ação, escolher um pixel e outras coisas.

Tudo pronto? Se sim, clique em “Fazer pedido” na parte inferior da criação de anúncios. Ao fazer o pedido pela primeira vez, serão solicitadas as informações de pagamento.

 

Relatórios e análises

É fundamental ter relatórios que mostrem o desempenho das campanhas. No Power Editor é possível criar relatórios personalizados de diferentes aspectos da campanha.

Estes relatórios podem ser personalizados por coluna (veiculação, envolvimento, envolvimento com o vídeo, envolvimento com o aplicativo, envolvimento com o carrossel, desempenho e cliques, em vários dispositivos, etc) e também por características específicas do público (idade, gênero, idade e gênero, país, região, posicionamento, posicionamento e dispositivo, número de identificação do produto, etc).

Os relatórios podem ser exportados em .csv e .xls.

 

 

 O que ajuda um anúncio a ser bem sucedido?

1. Visual

O algoritmo do Facebook tem preferência por anúncios visuais. Além disso, conteúdos visuais são mais envolventes e chamam mais a atenção. Portanto, seja qual for o anúncio, o visual deve ser atrativo e chamativo.

 

2. Relevancia

Anúncios não relevantes são um desperdício de dinheiro. O que adianta gastar com algo que não é interessante para ninguém?

O Facebook possui um recurso na plataforma de publicidade que classifica o anúncio em uma pontuação de relevância. Quanto mais relevante, maior será a pontuação e maior será a preferência do Facebook por este anúncio.

 

3. Proposição de valor

Por que o usuário deveria clicar em seu anúncio? O que difere o seu produto dos outros? Proponha um valor.

Dizer que você é o melhor não convencerá ninguém, pois todos dizem isso também. Talvez oferecer um desconto, um material ou mostrar uma prova social sejam melhores.

 

4. Call to Action claro

Um bom anúncio não é o suficiente se não tiver um call to action. O que você quer que o usuário faça após ver seu anúncio? Deixe isto claro e evidente. Dê senso de urgência à pessoa que estiver vendo, “A oferta termina em breve”. O usuário deve ser incentivado a clicar no CTA.

 

 

Como otimizar a sua campanha no Facebook Ads

Não há receita definida para o sucesso. Portanto, devemos aprender com os erros e fazer os ajustes para melhorar os resultados. Isso se aplica à qualquer coisa, inclusive a sua campanha.

Altere o que for preciso e descubra o que gera resultados a partir dos seus relatórios e análise.

Uma boa dica para saber o que dá certo é fazer o teste A/B com todos os anúncios possíveis. Fique de olho nos resultados e mantenha o anúncio que for melhor em comparação ao outro.

 

Gostou do nosso artigo? Compartilhe com seus amigos e escreva nos comentários o que achou.

 

Fontes:

1,2,3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *