O termo branded content traduzido para o português seria a expressão conteúdo de marca, ou seja, geração de conteúdo que se relaciona com o universo da marca para divertir o consumidor, sem ter foco na venda.

Ele é flexível, adaptável, envolve publicidade, informação e entretenimento e pode ser desenvolvido através de variados canais e formatos, até mesmo em aplicativos.

O Branded Content é estruturado em campanhas, muito semelhante a estrutura da publicidade tradicional. O conteúdo é elaborado para fazer sentido dentro de um contexto específico e temporário.

A ideia é que o consumidor tenha acesso a um conteúdo que traga diversão e informação e que seja claro que foi a empresa quem produziu.

 

Por que investir em Branded Content?

 

Já que o objetivo do Branded Content não é a venda, por quais motivos uma empresa deve investir nele?

Deixe as vendas para a propaganda e até mesmo para o conteúdo, em alguns casos. O Branded Content tem como objetivo:

  • Definir ou reforçar o posicionamento de marketing: para mostrar o diferencial da marca para o público, gerando valor agregado a marca e confiança na compra;
  • Aumentar o valor da marca: reconhecer a empresa como uma especialista no mercado;
  • Lembrança espontânea de marca: o consumidor pode lembrar da marca a qualquer momento e ela passa a se tornar uma referência;
  • Criar conexão com o público-alvo ao incitar conversas sobre a marca: as pessoas conversarão sobre sua marca e a indicarão para conhecidos.

O Branded Content pretende desenvolver um bom relacionamento do público com a empresa. Isto não significa gerar vendas, mas influencia diretamente nelas.

Branded Content é a mesma coisa de Marketing de Conteúdo?

 

 

Apesar de compartilharem a mesma ferramenta principal, o Branded Content e o Marketing de Conteúdo não são a mesma coisa e um não é uma subcategoria do outro.

 

Marketing de conteúdo e Branded Content não são a mesma coisa

 

O Branded Content tem tudo focado no posicionamento e divulgação da marca, sem focar nas vendas.

Já o Marketing de conteúdo possui diversos focos como engajar uma audiência, fidelizar clientes, gerenciar novos leads, recrutar novos talentos, educar os consumidores de um produto e outros. Ele também influencia diretamente no aumento das vendas porque conduz o consumidor desde a descoberta da empresa até a decisão de compra.

Não focar nas vendas não significa que o Branded Content não influencie nelas. O que acontece é que esta influência é indireta, desenvolvida a partir do sentimento que o público tem pela marca.

O Branded Content usa como referência o mundo do entretenimento. Como o cinema, a televisão, a internetl, a tecnologia. Enquanto isso, o Marketing de conteúdo lida com informação.

Outra grande diferença é que enquanto o Branded Content funciona como campanha, o marketing de conteúdo é feito de maneira contínua, regular e consistente para gerar resultados.

É errado dizer que marketing de conteúdo é melhor que branded content ou o contrário, assim como é errado achar que um é superior ao outro. São duas abordagens diferentes que podem trabalhar juntas e gerar bons resultados. Assim, sua empresa alcança o máximo de brand awareness e os melhores resultados em vendas em uma tacada só.

 

4 dicas para fazer Branded Content

Branded Content para sua empresa

1. Crie uma boa história

Crie uma história que tenha um enredo autêntico para atrair a atenção do público-alvo. Não se esqueça que um roteiro criativo e estruturado faz com que a história seja mais interessante ainda.

É importante que o público se identifique com o personagem e o enredo da história. Assim, fica mais fácil criar e fortalecer vínculos.

Um roteiro comovente que envolva emocionalmente contribui para a aproximação entre a marca e o público. Toda história possui momentos de tensão e conflito, mas o final feliz para o herói é a parte mais esperada pelo público.

 

2. Foque na mensagem e deixe a venda de lado

Branded Content é uma estratégia de gestão de marca, não uma estratégia de vendas. O que importa, então, é a mensagem que revela a missão, valores, princípios e ideias da marca.

 

3. Entenda o público

Nenhuma marca mantém sua posição no mercado e desenvolve produtos e serviços bons se não conhecer as necessidades e interesses do público alvo desejado. É necessário entender isto para desenvolver o conteúdo que será publicado nas redes sociais.

O público só se relaciona bem com marcas que realmente o entenda, que dizem o que interessa a sua audiência.

 

4. Crie e reforce a identidade da marca

A marca é a identidade da empresa. É ela que seu público reconhecerá ao ver um produto ou serviço seu. A história, missão e valores da sua empresa podem estar sintetizados em uma marca que precisa ser revitalizada de tempos em tempos.

O Branded Content tem como foco nutrir a relação entre público e marca através de um conteúdo relevante, com valores e relevância.

 

Case da Dove “Real Beleza”

 

A Dove é uma empresa muito conhecida por atingir sempre um ponto de incomodo nas suas campanhas.

No vídeo abaixo, mulheres se descrevem para um desenhista fazer um retrato falado. Depois, outra pessoa a descrevia para um outro retrato. No final, os resultados eram comparados.

 

 

O primeiro resultado era sempre uma figura mais fechada e séria, enquanto o que as outras pessoas descreviam era figuras mais bonitas, alegres e abertas.

Esta campanha demonstrou uma grande relevância para o público alvo da Dove. A maneira como foi conduzida e a sensibilidade da campanha desempenharam um papel fundamental nos resultados.

O vídeo possui mais de 2 milhões de visualizações no Youtube e fez a Dove se posicionar como uma marca que valoriza todas as mulheres e a “real beleza” de cada uma.

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes sociais e comente aqui o que achou.

 

Fontes

1, 2, 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *